segunda-feira, 20 de outubro de 2008

WMF Suzana Chang vence o Memorial Severino Sombra de Xadrez

A paulista WMF Suzana Chang foi a grande vencedora do II Memorial Severino Sombra de Xadrez, disputado neste final de semana, em Vassouras. A competição contou com 84 participantes de todo o Brasil e distribuiu R$ 5.000,00 em prêmios.

A disputa, no Colégio Sul Fluminense de Aplicação, teve a bicampeã brasileira superando Everaldo Matsuura, que ficou em segundo. O carioca Vagner Peixoto Guimarães ficou em terceiro, com o paulista Mauro Souza Guimarães terminando em quarto.

Entre os destaques vassourenses, o jovem Guilherme Henriques foi o melhor enxadrista da classe B. Ana Carolina Varanda Fructuoso, bicampeã brasileira escolar, foi a melhor entre os participantes de até dez anos.

por Claudia Mendes aqui

15 comentários:

Blog da Paula Delai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog da Paula Delai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog da Paula Delai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ivan Kuhlmann Nogueira disse...

Parabéns Suzana!
O formato do torneio é interessante (3 pontos por vitória e 1 por empate), pois incentiva a competividade. E enquanto todos empatavam, vc demonstrou mais espírito de luta e jogou suas partidas, o que lhe deu uma vitória merecida.
Seria interessante fazer um torneio assim em São Paulo.
Ivan

Stelling disse...

Parabéns para a Suzana.
Estive presente no torneio e fiquei impressionado com sua capacidade de concentração!
Sucesso merecido!

Marcelo disse...

Ivan
Sem desmerecer a inegável vitória, (conforme o regulamento) após perder do MI Everaldo na 2 rodada, não deixou de "correr por fora".Discordo inteiramente do referido formato em um suiço.

Ivan Kuhlmann Nogueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ivan Kuhlmann Nogueira disse...

Marcelo,

O formato do torneio, embora questionável, é válido como experiência. Agora, antes de começar o torneio, os jogadores sabiam quais eram os critérios de pontuação. Sabiam que se empatassem muitas partidas teriam a classificação prejudicada. E foi isso que aconteceu com os MIs presentes ao torneio. Ora, parabéns então à Suzana, que jogou todas as partidas para ganhar e teve uma merecida vitória. E isso prova que esse tipo de torneio incentiva que os jogadores se enfrentem mais e joguem para ganhar. Repito, acho interessante fazer um torneio desses por aqui, pois eu, particularmente, empato muito. E talvez isso servisse para que eu aprendesse a desenvolver um espírito mais combativo. A Suzana não "correu por fora". Ela perdeu uma partida para o Matsuura, que era favorito e jogou todas as outras partidas para ganhar, ao contrário dos MIs que empataram entre si e foram "punidos" pela falta de combatividade. Não queiramos desmerecer uma boa vitória da Suzana.

wagnerovsky disse...

ivan nogueira , tudo bem , aqui é o wagner eu o admiro pela sua inteligencia e sinceridade , mais nesse caso vc comete uma injustiça, os MIS não empataram rapido, tanto matsura x perdomo como mauro x matsura foram pings extremamente violentos, mais concordo que dentro do formato que foi proposto ela mereceu o titulo, obviamente que num suiço concordando com o marcelo sempre vai ter distorções sim

Marcelo disse...

Ivan
Nao estou desmerecendo a vitória da Suzana,repito,mais do que merecida! Sim,todos sabiam dos critérios (ou da falta deles). Eu por exemplo, justamente por isto, jamais jogaria. O que repito é que técnicamente, num suiço, desproporcional, vc corre por fora. É matemático, considerando que o rating dela estava bem abaixo dos mestres, que se enfrentariam (ela não tem culpa).

Ivan Kuhlmann Nogueira disse...

Não existe um sistema de emparceiramento perfeito. A combatividade e a sorte são, em muitos casos, ingredientes necessários para que alguém se torne campeão. Basta ver, por exemplo, a corrida de Fórmula 1.

Fabinho disse...

Oi pessoal, eu acho que esse sistema de pontuação é ridículo, pois uma posição de empate absurdo (exemplo rei e bispo contra rei e peão) os jogadores simplesmente sabendo que o empate não vale nada, combinam o resultado. Esse sistema só provoca maior corrupção nas partidas. O xadrez não é futebol, utilizar essa pontuação só pode ser válido num torneio fechado aonde todos jogam contra todos, mas num suíço é muito ruim. Não favorece quem jogou nas primeiras mesas o torneio todo, e só ajuda quem joga abaixo.Os organizadores fazem isso para incentivar aos novatos, mas não motivam o bom jogo.

Marcelo disse...

Esta aí..nem tinha pensado como fabinho...Me limetei tecnicamente a pensar como árbitro...Refutação perfeita!
Ivan...A diferença do round-robin (aprendi que é schurig e não schuring!) é q vc joga com todos.As condições são iguais! Por isto até pode se pensar em aplicar. Como raciocínio análogo, por isto que o Berger como primeiro critério de um suiço é inferior ao escore acumulado (que como vc prega, e nisto concordo, premia a melhor campanha) e aos milésimos (que podem distorcer em alguns casos). Quanta a formula 1, qualquer q fosse o resultado,é fruto de um campeonato inteiro,não de uma corrida. Massa fez sua parte,ganhou de ponta a ponta e como ele mesmo diz,vitória em casa (e lembrando que ele é paulistano!) tem outro sabor. Hamilton por sua vez, foi técnico,pra que forcar,por isto perdeu ano passado.Se arriscou é claro...Lembre de Petrossian e os antigos Interzonais,não é preciso jogar sempre pra fazer 100%. Lembre de uma norma, se vc precisa empatar e reultado é o mesmo ganhando,vc força?

Blog da Paula Delai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MF Eduardo Arruda disse...

Ela mereceu.

Passando para desejar um 2009, cheio de paz, amor, grana e grandes realizações.